Categorias
Bebês Gravidez Maternidade Pós-parto

O que é Ingurgitamento mamário?

o que é Ingurgitamento mamário?

o que é Ingurgitamento mamário?

O ingurgitamento mamário é algo que as mães freqüentemente experimentam no início da amamentação.

Esta é uma condição caracterizada pelo acúmulo de leite nas mamas, causando dor e aumento do volume das mamas…

Saiba que o ingurgitamento mamário pode acontecer em qualquer fase da amamentação, mas acontece com mais frequência nos primeiros dias após o nascimento do bebê.

Para mamães de primeira viagem pode ser normal sentir um pouco de ingurgitamento, já que seus seios nunca contiveram essa quantidade de líquido antes. Pois, o leite acumulado sofre uma transformação molecular, ficando mais viscoso, dificultando a sua saída, recebendo o nome de leite empedrado.

Mas, se o seu inchaço estiver acompanhado de febre , você deve ligar para o seu médico para garantir que tudo esteja bem.

Além disso, se o seu ingurgitamento durar mais do que alguns dias, pode ser um sinal de que existe alguma inflamação presente no corpo. Veja se há algum outro sinal de inflamação acontecendo e depois tente eliminar sua causa.

O que fazer

O tratamento normalmente é feito por meio de massagens e compressas frias ou quente com o objetivo de aliviar os sintomas do inchaço das mamas e promover a fluidez e, consequentemente, a liberação do leite.

Algumas medidas que podem aliviar o desconforto causado pelo Ingurgitamento mamário  leite empedrado

  1. Retirar o excesso de leite com as mãos ou com uma bombinha de tirar leite até que a mama fique mais fácil para o bebê pegar;
  2. Colocar o bebê para mamar assim que ele consiga abocanhar a mama corretamente, ou seja, não retardar o início da amamentação;
  3. Amamentar com frequência;
  4. Pode-se usar Paracetamol ou Ibuprofeno para diminuir a dor e o inchaço da mama;
  5. Aplicar compressas frias logo após o bebê terminar de mamar para diminuir a inflamação da mama;
  6. Aplicar compressas mornas na mama para ajudar na liberação do leite e aumentar sua fluidez.

Além disso, é indicado fazer massagens leves na mama para aumentar a fluidez do leite e estimular sua ejeção. Veja outras opções caseiras para tratar o ingurgitamento mamário.

Os principais sintomas do ingurgitamento mamário são:

  1. Mamas muito cheias de leite, ficando muito duras;
  2. Aumento do volume das mamas;
  3. Presença de áreas avermelhadas e brilhantes;
  4. Mamilos ficam achatados;
  5. Desconforto ou sensação de dor nas mamas;
  6. Pode haver extravasamento de leite pelas mamas;
  7. Pode haver febre.

Como prevenir o ingurgitamento mamário

É importante detectar e tratar o ingurgitamento rapidamente para que não afete a produção de leite e a situação não se torne ainda mais dolorosa para a mulher.

Para algumas pessoas isso será por causa da dieta. Sabemos que os alimentos que ingerimos podem causar inflamação.

Então, se você suspeitar que a inflamação é a causa do seu ingurgitamento, tente eliminar os oito principais alimentos inflamatórios para ver se isso é útil.

Os oito principais alimentos inflamatórios incluem:

  1. Glúten
  2. Laticínios
  3. Soja
  4. Milho
  5. Marisco
  6. Nozes
  7. Café
  8. Amendoim
  9. Ovos

Algumas formas de prevenção:

  1. Iniciar a amamentação o mais rápido possível;
  2. Amamentar sempre que o bebê quiser ou no máximo a cada 3 horas;
  3. Evitar o uso de suplementos alimentares como a Silimarina, por exemplo, pois aumenta a
  4. produção de leite materno.

Além disso, o bebê precisa esvaziar completamente a mama após cada mamada.

Assim, o risco de ocorrer ingurgitamento mamário é minimizado e, assim, a amamentação passa a ser benéfica e prazerosa tanto para a mamãe quanto para o bebê.

Veja também… Sangramento prolongado no Pós-parto

 

www.lilababyecia.com.br

Categorias
Gravidez Pós-parto

Sangramento prolongado no Pós-Parto

Sangramento prolongado no pós parto

 

Se você pensou que a gravidez estava repleta de perguntas sobre o que é normal e o que não é.

Espere até que você dê à luz!

Há algumas coisas comuns que as mulheres experimentam após o nascimento de seus bebês. Mas quais delas são normais no pós-parto e quais não são?

[WPGP gif_id=”1035″ width=”600″]

Todas as mulheres passam por um período de sangramento pós-parto com a chegada do novo bebê.

Normalmente, as mulheres terão um pouco de sangramento nos primeiros dias, depois diminui um após de dar a luz, eventualmente.

Se o sangramento que você tiver nos primeiros dias for acompanhado por grandes coágulos sanguíneos ou febre , você deve ligar imediatamente para o seu médico.

Pode ser um sinal de que parte da placenta foi deixada dentro do seu útero após o nascimento.

Se o seu sangramento parece durar por muito tempo, mais de seis semanas, então isso também merece uma ligação.

Sangramento prolongado pode levar à deficiência de ferro e pode sinalizar que há outras questões em jogo.